sábado, 30 de março de 2013

Receber e enviar remédios e coisas! E agora?

Olá au pairs!

Hoje eu vou falar sobre CORREIOS, algumas ideias de como enviar coisas para o Brasil, e também como enviar do Brasil para os EUA.
Antes de começar as ideias, eu preciso explicar o que é a Maré Vermelha da Receita Federal, essa operação já existia a algum tempo, porém o governo no ano passado resolveu intensificar a fiscalização nos Portos brasileiros, porém isso afetou também os produtos enviados pelos Correios!

De acordo com o anúncio da Receita os produtos que foram inclusos nessa ação são: vestuário, calçados, brinquedos, eletroeletrônicos, bolsas, artigos de plástico, artigos de toucador, dentre outros.

Sim, na época da ação estava demorando em torno de 4 meses para receber um produto vindo do exterios, sim 4 meses! E isso se não sumisse! O que ainda acontece com produtos de mais valia. 

Eu enviei, no ano passado, um pacote para o meu irmão e demorou 3 meses pra chegar, porém enviei uma carta simples para o meu pai e em uma semana chegou na casa dele.

Como todos sabem, pra enviar por correio, para não ser taxado pela receita o montante total tem que ser de 50 dólares, porém isso nem sempre acontece, vc manda nesse valor e mesmo assim a receita taxa, provavelmente passou pelo scaner e a receita viu que não é o que foi declarado, ai eles vão taxar pelo que foi visto...

Algumas ideias para enviar e receber o que precisamos.

Remédios 

Podemos pedir para a nossa familia mandar no meio de uma carta, ai teriam que enviar uma carta por mês, coloca a cartela no meio do cartão e envolve a cartela em um jornal ou papel aluminio. 
Outra maneira seria enviar todos de uma vez, o que é arriscado! Na mesma maneira, papel alumínio ou jornal.
Também tem a forma muito mais burocrática, vc precisaria ir na Vigilância Sanitária da cidade e pedir uma autorização para o médico de lá para poder enviar o remédio para o exterior, sim é mais demorado, porém mais seguro, porque chegando aqui, se pararem os remédios vc tem a autorização do seu país para enviar os medicamentos.

Tirando a parte burocrática, isso vale para documentos importantes, meu pai me mandou meu cartão de crédito ano passado, no meio do jornal, chegou direitinho!

Agora a parte mais interessante, enviar coisas para o Brasil!!!!!

Esse bixo de sete cabeças é bem complicado, mas nada de diferente, algumas pessoas falam que é precisa ser 50 dólares contando com o valor da postágem, porém outras falam que não precisa, então fica a critério!

O que eu geralmente faço, coloco meus produtos na caixa o produto embrulhado no jornal ou papel alumínio e no plastico bolha, assim quando passar no escaner do correio dificulta a visualização, no correio daqui dos EUA eu pego o papel de declaração e coloco como sabonete, caixas, coisas pra bebê, babador, em fim... Declaro como comprado no valor de 2 dolares cada e não coloco no limite de 50 dólares, eu sempre coloco tipo 35, 40 48...

Eu mandei uma caixa para o meu padrasto que eram peças de carro, nesse caso valeu declarar o valor correto, porque no Brasil sairia muito mais caro mesmo com a declaração, ai coloquei o valor de 110 dólares, a receita cobrou o valor de 100 reais pelo produto, mas como eu falei, valeu porque o valor era muito a mais no Brasil! 

Nunca tive problemas, sempre chegou, demorou, mas chegou! 

Pessoal, fiquem a vontade para comentar e também dar outras sugestões, é sempre bom saber outras formas de enviar nossas coisas para o BR.

Abaixo alguns sites que eu li para entender essa operação Maré Vermelha da Receita.





Até a próxima..

Rafa!!!












5 comentários:

Cláu disse...

Rafa, remédios - dependendo quais - você pode enviar normalmente, se tiver a receita do seu médico. Eu já recebi anticoncepcional, mas com a receita médica. Meu pai enviou 7 cartelas, chegou direitinho. Todos com bula, receita pra cada cartela, todos lacrados.
Porém remédios como antibióticos, precisa disso que você comentou.

Sobre o envio pro Brasil, realmente é complicado. No site dos Correios diz que o limite é $50, sem o envio. No site da RF diz que é com o envio.
Achei estranho você conseguir que a RF liberasse as peças de carro. Por lei, é proibido enviar peças de automóveis pro Brasil, inclusive entrar com elas no país (nas malas, por exemplo). Mas que bom que conseguiu!

Já eu sou contra mandar uma coisa e declarar outra, pois se a receita parar, eles podem reter o que você enviou, pelo simples fato de ter declarado que era outra coisa. Sempre declarei exatamente o que eu tava enviando, já mandei muita roupa nova, e nunca tive problema - sempre menos de $50. :D

Rafa Malosa disse...

Sim, peça de carro é mesmo! Vai mesmo da sorte. Mas nesse caso eu sempre declaro o valor correto...provavelmente isso ajude!

Eu não declaro quando o produto é mto caro, mas quase nunca mando coisa cara por correio! Eu sempre envio creme pro cabelo...rs...

Bom saber dos remédios! Tem essa opção tb...

Cláu disse...

Só por curiosidade...vc manda creme pro cabelo pra alguém que te pede, ou pra vc ter quando voltar? =P eu nunca mandei nada "pra mim", e vejo mta menina mandando. Não sei se compensa ficar gastando fretes com isso, acho que prefiro pagar uma mala extra e levar mais coisa =P

Rafa Malosa disse...

Eu mando pra minha amiga...mas mando com outras coisas junto! Como meu padrasto sempre vem pra ca eu parei de usar o correio!

Anônimo disse...

Clau,
Como vc consegue a receita médica? não entendi... o medico da receita à distancia?
tb to precisando de anticoncepcional e nao sei como enviar. minha mae ta mandando sem receita mesmo. vou arriscar