04/03/2013

Hora de começar a pensar em ir pra casa!

Primeiro preciso me desculpar por não ter postado na minha última data. Eu estou sem computador há mais de mês, me desculpem!
Bom, o dia do meu post ser hoje caiu como uma luva pra mim, pois estou passando por uma confusão de sentimentos, e isso se chama A VOLTA PRA CASA!
No penúltimo meeting, em janeiro, minha LCC me disse que em breve eu receberia o e-mail pra escolher a volta pra casa. E eu pensei MAS JÁÁÁ? Bom, o tal e-mail demorou um pouquinho mais do que ela havia dito, mas chegou! E chegou ontem!
Acordei ontem e fui ver meu e-mail, como de costume. E o que tinha lá? APC blá blá RETURN FLIGHT. Eu JURO que na hora senti um negócio esquisito na barriga, e assim ficou, o dia inteiro...
Só quem me conhece sabe o quanto eu sinto falta de casa, dos meus pais (sou filha única), do meu namorado, de ver a praia a hora que eu quiser, do meu trabalho na área que eu gosto (fotografia - www.clau-fotografia.com - uma propagandinha não faz mal pra ngm, haha!), de ter o MEU carro (podendo fazer o que bem entender com ele). Enfim, a minha vida no Brasil toda me faz muita falta, e eu acho que o que determina se você "prefere" o Brasil ou os EUA é o que e quem você tem aqui e lá. Eu adoro a minha host family e as minhas kids aqui, a cidade que moro, os privilégios que tenho. Mas nada disso se compara com o que eu tinha no Brasil. O que tenho aqui não me faz mais feliz do que o que tenho lá.



Bom, eu já vim determinada a ficar somente um ano, e em nenhum segundo eu pensei em extensão. Nunca! Vim com objetivos possíveis de se cumprirem em um ano, e fim! Mas mesmo assim, nenhuma au pair foge da montanha russa. A famosa montanha de sentimentos, uma hora lá em cima, na outra aqui embaixo. Foi muito estranho receber aquele e-mail...e como foi! Me senti MUITO feliz, MUITO triste e MUITO estranha, tudo ao MESMO tempo! :P feliz por voltar pra minha vida real, triste por pensar na última vez que vou ver minha host family e minhas amigas daqui, e estranha justamente por estar sentindo tudo ao mesmo tempo. Posso dizer que o medo também me consome, assim como consumia antes de eu vir pra cá. Mas isso todas nós sabemos que é normal...antes é o medo do desconhecido, e agora o medo de como será na volta, desde o emprego até o contato com a hf - se ele vai existir ainda ou não.
Acredito que vou continuar me sentindo numa bela montanha russa até o dia que eu for embora, desde ontem quando vi aquele e-mail na minha caixa de entrada. Eu nunca fui muito de subir e descer o carrinho da montanha não, a minha montanha quase sempre ta estabilizada, sobe e desce pouco. Mas agora, na reta final, não quero neeeem ver...

E já que estou falando disso, vou aproveitar e mostrar pra vocês como funciona o procedimento da volta.
Você primeiro vai receber esse temido e-mail, e sentir borboletas no estômago. Depois, você abre o AuPair Room, e clica em RETURNING HOME, no lado esquerdo, embaixo.


Ali, você vai passar por umas páginas. A primeira de todas pergunta se você já conversou com sua host family sobre a data da sua volta. NÃO MINTA NESSA RESPOSTA, e evitem responder isso sem sua host family saber. E sabe pq?? Porque no mesmo minuto que você confirma a data de volta e envia, sua host family recebe um e-mail com todas as informações! Então, cuidado!

Ai depois você vai ver essa página:



E aqui a continuação dela...com dados interessantes. Se você ainda não recebeu seu e-mail de return flight, aqui nessa tabela você pode descobrir quando irá receber, com base no mês que você chegou. E você tem um mês pra submeter as datas, caso contrário paga $ 100 de multa.


Ai você vai pra tela das DATAS. Aqui você vai escolher a cidade que você vai partir, e a que você vai chegar. Eu estou saindo de Kansas City e vou descer em Curitiba. Pro Brasil, as opções são: SP, RJ, Curitiba, Florianópolis e não tenho certeza, mas acho que ainda tem mais. Eu só passei o olho nessas mesmo. E ai você escolhe se vai querer pagar insurance pro grace period ou não - isso se você for ficar aqui nesse período.



Como vocês podem ver, eu optei por não estender o insurance, pois eu achei o insurance péssimo, pra ser sincera. Eu estou com um problema no pé há 2 semanas e meia e fui atrás disso, e me decepcionei. Não é nada do que diz no site do Insurance, e na agência eles explicam sem os principais detalhes, mas enfim. Espero não precisar de médico nas últimas semanas. Se você escolher por estender o insurance, o valor fica em $ 85.




And... DONE!



ANTES DE DAREM O SUBMIT, PRESTEM MUITA ATENÇÃO EM TUDO! Pois você não pode mudar mais NADA a partir desse momento. Nem as datas e nem as cidades. 
E agora é esperar! No AP Room aparece escrito que os dados de vôo estarão disponíveis 30 dias antes do final do meu ano, no caso 25 de junho, então terei acesso no final de maio. Porém, eu já vi meninas que tem o acesso bem antes já, pois eles compram a passagem antes disso às vezes, e pelo jeito já colocam lá.

E assim que você submete os dados, você E A SUA HOST FAMILY recebem um e-mail com as três datas escolhidas. Como esse:


Você escolhe as 3 datas que quer ir embora, e eles vão comprar as passagens dentro de uma delas. Eu escolhi essas 3 datas abaixo... Eu trabalho até dia 19, uma sexta, e pretendo ir embora no domingo, dia 21. Na verdade eu havia combinado com a host de ir embora entre 23 e 25, mas hoje quando fui preencher, me veio na cabeça que dia 21 seria melhor pelo fato de ser domingo. Acredito que será mais fácil pra todos, até mesmo pra eu me despedir das meninas, e pros hosts me levarem no aeroporto. Ainda tem a possibilidade da APC comprar os vôos na segunda ou terça, que são as outras duas datas, mas estou torcendo pra ser no domingo! E ah, não falei com a host sobre isso não, de escolher entre 21 e 23 ao invés de 23 a 25, pois eu já não estarei mais trabalhando mesmo, já estarei FREE da vida de au pair, hehe! E por 3, 4 dias ela não iria falar nada. Mas ANTES de receber o e-mail eu já tinha as datas meio combinadas com ela. Então, antes de preencher, fale com os seus hosts também, pra evitar surpresas pros dois lados.

E é isso, agora é continuar com as borboletas no estômago e a ansiedade de ir pra casa. Parece que foi ontem que recebi o e-mail com os dados da minha vinda... Passa super rápido. MAS, eu ainda tenho mais de 4 meses e meio pela frente, devido ao grace period. Então, bora aproveitar esse tempo da melhor maneira possível!!

Beijos!

3 comentários:

Cristina Cecon disse...

uhuuuuuuuuuuuuuu!!
Que frio na barriga ne Clau! Que montanha russa de emoções mesmo, primeiro ficar online, match, visto, embarque ... nossa, tanta coisa... e nos duas sabemos como e' difícil deixar o namorado e partir, mas tudo a seu tempo, você e' vitoriosa sem sombra de duvida, parabéns!!1

Suélen Breier disse...

Oi Cláu!! Que bom que você apareceu!

Olho seu blog quase todos os dias pra ver se voltou por lá! haha
Nossa, mas se ainda tem 4 meses dá tempo de fazer bastante coisa! Mas deve passar voando né. Mal posso esperar pela minha vez.

Beijão!

Mari disse...

Nossa, que cedo que chegou o seu email! O meu chegou com 2 meses de antecedência em relação ao fim do programa, e eu já achei que foi um montão! Devem ter mudado essa política.
Quando chegou o email, eu estava em Boston com meus hosts, estava no hotel e vi o email no ipod, tomei um choque e me senti tão estranha, parecia que alguém tinha jogado um balde de água gelada na minha cabeça. Aí minutos depois meu host veio bater na porta para perguntar algo e eu devia estar com uma cara muito esquisita porque ele imediatamente perguntou se estava tudo bem, daí eu falei e ele "mas já???", daí a minha host chegou também e perguntou o que estava acontecendo, e ele falou "Mariana just got the email from APC to schedule her flight home". A minha host: "mas já???" Rsrsrs. E logo os dois falaram que sentiam muito que esse momento já tivesse chego e se eu estava ok (porque pela minha cara, eu ainda estava em estado de choque). Eu fiquei com lágrimas nos olhos mas falei que estava tudo bem, que não era big deal e que ainda faltavam 2 meses e eu ainda ficaria mais umas semanas, conforme já tinhamos falado. Demorou uns dois dias para acostumar com a ideia do voo de volta, mas no fim... tudo passa ne! Rsrs
E agora escrevi um comentário do tamanho de um post. Sorry! :O)