07/08/2013

Problemas com a host family. O que fazer?

Hey... Mais um dos posts malucos...

Hoje eu quero falar sobre esse assunto, porque é interessante e delicado. Acho que ninguém gosta de confusão, mas também não quer ser injustiçado.
Já conheci diversos tipos de pessoas com diversas formas de resolver seus problemas com a host family.

Um dos casos que mais me chamou a atenção foi de uma amiga de outro país, chegou aqui quase junto comigo em 2012 e durante o nosso ano ela sempre me falava sobre os problemas que ela tinha com os hosts, no qual sempre perdurava com relação ao salário e principalmente com horários.
E nesse mês, depois de um ano e meio aqui com a family dela, ela resolveu falar tudo pra nossa area director, no qual resolveu o problema e hj ela está super feliz...

Eu fico imaginando, empurrar o problema nunca será a forma fácil de resolvê-lo, mas tb brigar não irá ajudar. A conversa sempre será o melhor meio de se resolver pacificamente td o que incomoda a au pair.

Pela APC, nós sempre somos instruidas a falar com a area director sobre o que ta acontecendo, pra depois não acontecer de a familia sempre falar e a au pair nao, no meu caso eu sempre falo com a minha hosta e tb falo com a minha area director, mas deixo bem claro que já resolvi o problema e eu sempre peço conselho de como agir nas situações. E sempre deu certo, MAS se sua area director é uma $%*&%$# ai a conversa é diferente!

Eu sempre aconselho minhas amigas au pair a procurar primeiro se contratualmente ela está certa, e tb procurar no hand book o que a apc fala sobre o determinado assunto, ai depois conversar com a area director e se ja resolveu deixa claro que nao quer que ela fale com a family sobre e se nada disso resolver ai vc fala que não está satisfeita com a situação.

Qualque tipo de problema que vcs tiverem ou se sentem que nao legal o que estão fazendo nao tenha medo de falar com a family, alias vc é "parte dela".

Pra finalizar eu tive alguns casos com a minha fofa, eu não queria ir pra viagem de família esse ano, porque ano passado foi um INFERNO, o pesadelo...sem minha pestinha me mal tratou mto e eu passei fome pq eles trancavam a porta pra eu nao entrar e eu batia na porta e ninguem abria, ai finalmente quando ela deixou eu usar o carro eu corri no supermercado fazer compra.

Como faziam poucos meses que eu estava aqui, deixei pra lá, afinal foi uma semana, ai esse ano ela tinha me dito que precisava de mim, que não ia sobreviver sem o meu corpo (rs) e diversos bla bla blas....porém eu disse que não queria ir, pelo ocorrido no ano passado, e descarreguei o santo nela...e ainda disse pra minha area director o porque eu não queria ir e ela disse que se eu precisasse iria me ajudar.

Conclusão, não fui, tive 4 dias off e ainda recebi a semana em pedido de desculpas pelo que aconteceu no ano passado.

Então, não tenham medo, sempre estejam com a mente aberta e nao tenham medo de falar com a family sobre os problemas...

Aquele abraço...
Rafa na Disney com o meu irmão (sonho de td criança)




1 comentários:

Gisella Nascimento disse...

Certissima .... vou passar seu post pra varias amigas au pair q conheco aqui haha