01/01/2014

A parte BOA de ser au pair!

FELIZ ANO NOVO pra você que ta passando por aqui e lendo o primeiro post de 2014 do nosso querido Wall Pair :) desejo um ano repleto de muita saúde pra todos os leitores do nosso blog! :)

Bom, eu fechei o ano falando sobre dez tópicos da parte RUIM de ser au pair, nesse post aqui. E hoje eu começo o ano falando da parte BOA de ser uma au pair. Vamos lá!

1. Independência e liberdade. Se você nunca saiu de casa (eu já tinha morado sozinha por bastante tempo antes de ser au pair), você vai aprender a se virar 99% sozinha! Só não digo 100% porque você não vai precisar ralar pra pagar as contas, mas vai ter que ralar pra se alimentar, aprender a cozinhar, fazer compras, não vai mais ter a mamãe ajudando você em tudo, ensinando você a fazer as coisas. Vai ter que lavar suas roupas, sapatos, limpar seu quarto, fazer comida pras kids, limpar os quartos e lavar as roupas deles, e por ai vai! Pode soar como um item ruim, mas acreditem, não depender de ninguém pra NADA é a melhor coisa que tem!! Sem contar a liberdade que você acaba "ganhando" junto, pois você vai poder comer e cozinhar o que quiser, vai poder viajar e fazer muitas coisas por si só, afinal, quando você chegar lá você não terá sua família e seus amigos pra lhe mostrarem tudo e lhe ajudarem.


2. Viajar e comprar!! Esse é o item mais procurado quando você é uma futura au pair, é a parte mais visada e desejada, certo? E se você souber se planejar, vai poder viajar bastante e conhecer muitos lugares diferentes! Eu consegui visitar 11 estados em um ano como au pair, poderia ter viajado até um pouquinho mais, porém isso é uma média de quase uma viagem por mês! Como eu comprei muitas coisas, acho que foi uma média bem boa!! Se eu não quisesse comprar certas coisas, teria viajado mais ainda :) mas as coisas são tão mais baratas pra comprar por lá, que eu tive que comprar algumas várias coisas!!!

Viajando! Foto em Chicago.
3. Você vai aprender a se planejar. Se você é do tipo que odeia rotina, odeia ter que planejar o que fazer, você infelizmente vai aprender a fazer tudo isso! E isso é MUITO bom! Você vai aprender a planejar, PRINCIPALMENTE, o seu dinheiro. Pois você vai querer fazer tantas coisas, e você sabe que não tem como, então você terá que aprender a planejar de acordo com as suas necessidades e vontades.

4. Crescimento. Você cresce demais! Cada pessoa cresce de um jeito... Seja pelo fato de se tornar independente, seja pelo fato de perceber que consegue viver longe das pessoas que mais ama e ainda assim consegue ser feliz, seja por conseguir planejar algo que queria há anos (como uma viagem) e realizar isso sozinha. O fato de morar em outro país te faz crescer de várias maneiras!

5. Conhecimento. Você vai voltar sabendo mais sobre um novo país, uma nova cultura e uma segunda língua. APROVEITE MUITO essa oportunidade! Eu não tive muitas opções porque onde morava tinham muitas au pairs brasileiras, mas tenham o máximo de contato com au pairs estrangeiras, colegas de curso e até mesmo com a HF, pratique seu inglês ao máximo!!

6. Enfrentar seus medos. Você não vai ter mamãe, papai, irmão, namorado, amigos de infância, NINGUÉM pra dar a mão quando você precisar fazer algo que tem medo. Terá que enfrentar isso SOZINHO(a). E isso vai te fazer perder o medo de muita coisa lá na frente :)


7. Pessoas. Você vai conhecer pessoas que podem ser pra vida toda - ou não, mas que estarão do seu lado quando você precisar. Pode ter uma HF maravilhosa que ser uma segunda família e que te fará passar por momentos incríveis na sua jornada de au pair, e que pode continuar sendo uma família especial mesmo depois disso - eu falo com minha HF direto até hoje, e já tenho planos de visitá-los. E esse é um outro ponto muito positivo, pois tanto a HF quanto as amizades vão continuar lá, então depois de ser au pair você ainda poderá visitá-los e viajar mais um pouquinho. E se forem amizades brasileiras, é uma ótima oportunidade para vocês viajarem e se encontrarem no Brasil!

Em Chicago - com a Roberta, de Maceió

Em Kansas, com a Marília de Porto Alegre e a Gaby de El Salvador

Minha HF linda!

8. Responsabilidade. Você irá morar com seus chefes e irá cuidar de crianças em tempo integral (na maioria das vezes), então você terá que ter muita responsabilidade! E se não tiver, aprenderá a ter :P


9. Currículo profissional e pessoal. Em algumas áreas é um grande "up" no currículo ter morado fora do país e ter o domínio em uma língua estrangeira. Eu, particularmente, fui pros EUA estudar na minha área, mas isso não é exigido e não me dá um salário melhor (trabalho com fotografia). Porém, isso me trouxe MUITO conhecimento, diferentes perspectivas e maneiras de pensar. Então com certeza o currículo, depois de um ano - ou mais - morando fora, é outro! Seja ele profissional ou pessoal :)

10. Memórias. Lindas memórias! Eu tenho meu quarto repleto de fotos de cada momento que eu vivi nos EUA. Tenho fotos dos meus kids em vários porta-retratos, tenho foto da minha host, tenho fotos das minhas viagens...tenho um álbum de fotos enorme, com quase 200 fotos. Tenho dois fotolivros de viagens que eu fiz pelos EUA. Tenho presentes dos meus hosts que uso sempre. Enfim, tenho memórias que me fazem sorrir e que, com certeza, sempre farão! Pois foi um momento muito especial na minha vida. Algo que eu nunca imaginei que conseguiria alcançar, but I did it!! :D Um sonho que realizei, e muita coisa veio pro Brasil de volta comigo, principalmente no meu caráter e no meu coração!

Acreditem, é uma experiência MARAVILHOSA! Sabe aquele post sobre as coisas ruins? Tudo aquilo lá existe, e existe MESMO! Mas cada item desses dez aqui em cima fazem tudo isso valer MUITO à pena!

Se você tem dúvidas se quer ou não quer ser uma au pair, coloque os itens positivos e os negativos na balança. Tenho certeza que você irá chegar a conclusão certa pra você ;) boa sorte!!

4 comentários:

Máah Serafim disse...

Eu acho que a experiencia de viver no exterior, sendo como au pair ou nao, acho que vale cada minuto, cada centavo e cada momento né, pq é algo único...acho que é amis pra bom do que pra ruim =)

Fernanda Vitiello disse...

Que massa esse post!!!
Muito bom mesmo! Acho que as coisas boas ultrapassam as ruins, e realmente deve valer a pena. Uma viagem/intercambio é uma coisa que ninguem pode tirar de você depois!!

Aline Maria Inácio disse...

Muito bem elaborado :)
Espero ter tantas lembranças quanto vc e o principal, ter conseguido viajar, estudar e comprar o tanto desejo! hahaha

Bjos,
Aline
euvoupralgumlugar.blogspot.com

marília oliveira disse...

Graças a Deus encontrei alguém que foi para os EUA estudar fotografia, finalmente! :D
Vi um post seu no blog das 30 au pairs e curti bastante, ai vim "fuçar" um poquinho teu blog,rsrs porque amo as histórias das au pair.
Bom, meu maior objetivo em ir pra os eua é mudar de área, quero entrar pra fotografia, sei que poderia fazer isso no Brasil, mas acho que o aprendizado que os estados unidos oferece pode somar de um jeito muuuuuito legal na carreira. Seria muito aperreio te perguntar quais cursos você fez e tudo que você encontrou nas suas pesquisas sobre os cursos na cidade em que você ficou, vc se incomoda de responder? Ah e sobre preços tb. Tô tendo muita dificuldade pra ter uma noção sobre isso...Vlw e amei o post