06/11/2013

O diferencial no Application

Não sei se essa imagem mostra o que eu quero dizer, mas foi a que chegou mais perto.

Na terra das futuras Au Pair, encontramos muitas meninas preenchendo o App na mesma época que a gente, fora as que já estão on line.

São mesmo muitas meninas, de varias agencias... Você já parou para pensar em quantas mais estão no processo? As que você não acha nos grupos, as que estão de estados menores, as que são de outros países.

É muita gente, minha gente!

Se coloque então agora, no lugar de uma família. Tirando aquelas pessoas com perfil sem noção, existe pelo menos umas 10 mil candidatas que estão quase no mesmo nível, com o perfil bem parecido. Como então você pode procurar a melhor de todas?

As agencias nos instruem para criar o perfil X, para conseguir mais horas, mais formação, melhorar aqui... ali. O problema é que isso cria uma generalização de perfis todos iguais.

É praticamente impossível você, reles mortal, criar um perfil "Acima de média".

E não adianta ir no grupo do face e pedir "Meninas, quero que todas as famílias me queiram como Au Pair, Como responder as perguntas?"

Sim... Tem dessas também.

Então, vou citar aqui o que pode diferenciar seu App... Claro que muitas candidatas estão indo atrás dessas coisas, mas ao menos podemos separar um perfil bom de um regular

Diferenciais:

- Saber nadar
- Saber (e gostar) de cozinhar
- Saber fazer artesanato
- Ter experiência socioeducativa
- Ter experiência com crianças especiais
- Ter cursos na areá de educação (ou mesmo formação na areá)
- Ter um inglês acima da media das candidatas
- Comprovar ter independência (morar sozinha por exemplo)
- Estar acostumada a viajar sozinha e ficar longe da família
- Treinamento de combate a incêndio e salvamento aquático

E o mais importante, a única coisa que realmente te difere das outras...

Você

Sim!!... Não importa o quanto você trabalhe no seu App... Sempre vai ter pelo menos umas 100 pessoas que vão ter as mesmas coisas que você (ou até mais). Logo, você é o seu principal diferencial. É na sua personalidade, nos seus hobbies, no seu estilo de vida, hábitos alimentares, nível de responsabilidade, nível de independência, confiança... São nessas coisas que a família vai se basear.

No final de tudo, são essas informações que vão te levar a uma família que se encaixe com você.

Então, faça seu melhor, coloque o máximo de você no perfil e espera que a família que mais se encaixar com você vai aparecer.

Beijos! :)


2 comentários:

Aline Francelino disse...

Ufa... respirei, exatamente oq eu estava pensando, eu estava escrevendo a minha carta e pensei, caramba, quanta coisa a gente pode falar, ou fazer para tentar se destacar um pouco.
Bora caprichar, adorei o seu post... beijos, Aline.

Andréia Souza disse...

Olá Dai tudo bem? Adorei as dicas, vou dar entrada no meu processo no final desse mês e apesar de estar procurando informações sobre o programa desde janeiro é sempre uma boa dar uma revisada. Eu estou pensando seriamente em fazer algum curso bem rápido sobre salvamento aquático e incêndio. Vai que dá um tchã a mais né!? rsss Beijão e até o próximo post.